O que são doenças dentais de gatos?

Boca e dentes de um gato

Adotar um gato implica assumir responsabilidade por ele, o que significa que nós, como seus cuidadores, temos que fazer todo o possível para que ele possa levar uma vida longa e feliz; ou seja, além de dar água e comida, devemos nos preocupar com a saúde dele, como a saúde bucal.

E é isso, com o passar dos anos o aparecimento de doenças dentárias em gatos é muito frequente, especialmente se não os tivermos escovado. Portanto, vamos ver quais são os principais para podermos identificá-los.

Principais doenças dentais dos gatos

Estomatite crônica felina ou gengivoestomatite

É uma doença periodontal que causa inflamação da cavidade oral. As causas exatas ainda não são conhecidas, mas acredita-se que possam estar relacionadas a infecções de tipo viral, como calicivírus felino (FCV) ou vírus da imunodeficiência felina (FIV).

Os sintomas são halitose (mau cheiro), dificuldade em mastigar bem, recusa a comer e, consequentemente, emagrecimento. Dar a ele ração macia (latas) e um bom acompanhamento do veterinário será vital para o gato.

Gengivite

É uma doença produzida por inflamação das gengivas. É causada por nutrição inadequada, infecções, raízes que permaneceram no interior da gengiva, tártaro, distúrbios do metabolismo, entre outros.

Se o gato sofrer com isso, ele terá sangramento e dores na gengiva, podendo até mesmo acabar perdendo um dente. Se não for tratada, a gengivite pode causar miocardite bacteriana (infecção do tecido do músculo cardíaco) ou uma infecção geral.

Reabsorção dentária

É uma doença que consiste em aparecimento de inflamação dos tecidos adjacentes ao dente, que o está enfraquecendo cada vez mais, até que chega o momento em que ele quebra. A raiz morre, levando a doenças graves.

Os sintomas mais comuns são: babar constante, não querer comer, embora esteja com fome e apatia.

tártaro

A saliva dos gatos contém sais minerais, que ao longo do tempo se acumulam na placa dentária produzindo tártaro assim. Desta forma, as gengivas e os tecidos que os unem à cavidade do dente inflamam.

Como ajudá-los?

Se suspeitarmos que nosso peludo tem alguma doença bucal ou dentária temos que levá-lo ao veterinário o mais rápido possível para examiná-lo e fazer um diagnóstico. Desta forma, você poderá colocar o tratamento mais adequado para o seu caso, o que será muito útil para que você tenha uma boa qualidade de vida.

Além disso, em casa também será necessário fazer o seguinte:

  • Escove os dentes diariamente com uma escova e pasta de dente específicas para gatos.
  • Dê a ele uma dieta de qualidade, isto é, sem cereais. Se ele não quiser comer, devemos dar-lhe comida macia, em lata, que tem mais cheiro e sabor e é melhor para mastigar.
  • Amo muito ele. Um animal que se sente muito amado terá mais motivos para seguir em frente.

Gato escovando os dentes

Esperamos que tenha sido útil para você. 🙂


Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

  1. Responsável pelos dados: Miguel Ángel Gatón
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.